Os primórdios da produtora

O produtor Adone Fragano começou no cinema brasileiro nos anos 50, quando decidiu incluir filmes à diversificada lista de produtos que já importava da Itália, como alho e vinho. Ao conhecer os cineastas Maria Basaglia e Marcello Albani, Adone decidiu se aventurar também pelas produções. Fundaram a Paulistânia Filmes e lançaram dois títulos: “Macumba na Alta” e “O Pão que o Diabo Amassou”. Foram um fracasso, mas lançaram as bases do que viria a ser futuramente uma produtora de sucesso, a Olympus Filme.

 

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s